Bragança tem 9 moradores com COVID-19 aguardando vagas em hospitais

Subiu de 5 para 9, o número de pacientes que moram em Bragança Paulista e aguardam na fila de espera por vagas em leitos de UTI e de enfermaria SUS, de acordo com os dados do boletim de COVID-19, divulgado hoje, 1º, pela Secretaria de Saúde. Além da fila de espera, 41 pacientes recebem tratamentos em outras cidades que não são da região, por falta de vaga nos hospitais locais. Mais duas pessoas morreram em decorrência da COVID-19.

FILA DE ESPERA

Hoje na fila de espera, há 5 pacientes aguardando por leitos de UTI. Ontem eram 4. Além disso, 4 pacientes aguardam por leito de enfermaria. Ontem, havia apenas 1 na fila.

A falta de vagas, infelizmente, pode ser fatal, quando o quadro do paciente evoluiu muito rápido.

O boletim mostra ainda que os 30 leitos regionais de enfermaria do Hospital de Campanha da Santa Casa, bem como os 46 de UTI continuam 100% lotados. A taxa de ocupação em 100%, também indicam que o sistema de saúde está em colapso.

Além disso, os 20 leitos de enfermaria da UPA Vila Davi, que ontem tinham 25% de ocupação hoje já tem 40% de ocupação.  Esses leitos são usados para estabilização de pacientes, até que os mesmos consigam uma vaga via CROSS – Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde em outras unidades hospitalares.

INTERNAÇÕES

De acordo com boletim de hoje 53 moradores de Bragança Paulista estão internados nos hospitais da cidade. Destes, aliás, 44 já tem confirmação de COVID-19. Além disso, 9 pacientes aguardam os resultados de exames.

O número de internações de bragantinos em outros municípios por falta de vagas nos hospitais locais, no entanto, voltou subir. Agora são 41 bragantinos sendo atendidos fora de Bragança Paulista já que aqui os hospitais estão em colapso.

AS MORTES

O boletim de hoje trouxe ainda mais 2 óbitos em decorrência da COVID-19. Com isso, o município tem agora 407 mortes desde o início da pandemia.

As novas mortes tiveram como vítimas:

  • nº 406: paciente do sexo feminino, de 61 anos, que estava hospitalizada em leito de UTI e faleceu no sábado, 29.
  • nº 407: paciente do sexo masculino, de 57 anos, que estava hospitalizado em leito de UTI e faleceu na sexta-feira, 28.

Das 407 mortes, um total de 103 aconteceram entre março e dezembro de 2020. Outras 305 de janeiro deste ano até agora.

Em janeiro, aliás, foram 25 mortes, em fevereiro 34. Em março, a Prefeitura registrou 128 mortes. Abril teve 80 mortes e em maio foram 37 mortes confirmadas. Os números de maio ainda podem mudar, porque tem sido comum, a contabilização de mortes com atraso.

Dos 407 mortos, 119 pessoas tinham menos de 60 anos. Já as outras 288 pessoas tinham 60 anos ou mais. A maioria dos óbitos são de homens. Ao todo, 212 homens faleceram desde o início da pandemia. Além disso, 195 mulheres também vieram à óbito.

 

OUTROS NÚMEROS

O boletim de hoje da Secretaria de Saúde indica ainda:

  • 38.519 notificações ao Ministério da Saúde, sendo que só no boletim de hoje foram mais 290  notificações de casos suspeitos
  • 71.706 testes realizados desde o início da pandemia
  • 110 casos confirmados de COVID-19, em 24 horas
  • 18.871 casos confirmados desde o início da pandemia
  • 16.021pessoas recuperadas
  • 2.399 pacientes positivos em isolamento domiciliar
  • 137 pacientes aguardando resultados de exame em casa
  • 44 pacientes positivos internados
  • 9 pacientes aguardando resultados de exames internados
  • 407 mortes confirmadas
  • 45.847 pessoas vacinadas com a primeira dose da vacina contra a COVID-19 e 23.834 imunizadas com as duas doses.

INFORME-SE

A melhor arma contra a desinformação é o jornalismo sério e profissional. Informe-se diariamente, pelo Jornal Em Pauta.

Para ficar sempre por dentro das últimas informações sobre o coronavírus em Bragança Paulista, Atibaia e região, aliás, é fácil. Acesse o link: https://jornalempauta.com.br/tag/coronavirus

Quer receber notícias de Bragança Paulista, bem como região no celular? É só clicar aqui:
WhatsApp do Em Pauta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *