Caixa de retenção de sedimentos é construída no Lago do Taboão

Terminou durante a semana as obras de construção da segunda caixa de retenção de sedimentos no Lago do Taboão que tem o objetivo de combater o assoreamento no local.

A obra foi realizada pela empresa Tera Incorporadora e Construtora Ltda  e a ideia é que ela garanta a retenção de resíduos sólidos no trecho da Avenida Alpheu Grimello, da esquina com a Avenida Salvador Markowicz.

A primeira caixa de retenção foi construída em 2019 e fica na rotatória da Praça São Francisco. Ela tem o objetivo de  conter os sedimentos que vão em direção ao Lago do Taboão e vem da região da Norte Sul. Na época, a obra foi realizada pela empresa Jofegê Pavimentação e Construção Ltda, vencedora da licitação, que teve o contrato rescindido pela Prefeitura de Bragança Paulista.

O investimento nas caixas de contenção é de mais de R$ 1 milhão.

Vale lembrar, que ambas as caixas foram construídas para atender a demanda do Ministério Público Ambiental através de um Termo de Ajustamento e Conduta (TAC), firmado em 2011,  afim de evitar novos assoreamentos no Lago do Taboão.

RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA

A melhor arma contra a desinformação é o jornalismo sério e profissional. Informe-se diariamente, pelo Jornal Em Pauta. Para outras notícias de Atibaia acesse: https://jornalempauta.com.br/tag/atibaia/

Para receber as principais notícias de Bragança Paulista, bem como região no celular clique aqui: WhatsApp do  Em Pauta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *