Bragança Paulista registra mais 3 mortes de COVID-19 e abril termina com 78 óbitos confirmados e é o segundo pior mês da pandemia.

No boletim de hoje, 3, a Secretaria de Saúde de Bragança Paulista divulgou mais três mortes em decorrência da COVID-19. Com isto, o município totaliza agora 364 mortes desde o início da pandemia.

O boletim de hoje traz ainda a informação que voltou a subir de 63% para 83% a taxa de ocupação dos 30 leitos de enfermaria  do Hospital de Campanha na Santa Casa, que atendem Bragança Paulista e região. Os leitos da UPA Vila Davi continuam desocupados.

Em contrapartida, os 46 leitos regionais de UTI SUS exclusivos para o tratamento de COVID-19, continuam com 100% de ocupação.

As mortes

As  três mortes confirmadas são:

  •  nº 362: paciente do sexo masculino, de 61 anos, que estava hospitalizado e faleceu na quinta-feira, 29.  A Prefeitura não informou se ele estava em leito de UTI ou enfermaria.
  • nº 363: paciente do sexo feminino, de 45 anos, que estava hospitalizada em leito de UTI e faleceu na quinta-feira, 29.
  • nº 364: paciente do sexo feminino, de 88 anos, que estava hospitalizada e faleceu na quinta-feira, 29. A Prefeitura não informou se ele estava em leito de UTI ou enfermaria.

Balanço das mortes

Bragança Paulista tem, agora,  364 mortes confirmadas em decorrência da COVID-19 desde o início da pandemia. Destas, 103 mortes aconteceram entre março e dezembro de 2020. Outras 261 de janeiro deste ano até agora.

Em janeiro, aliás, foram 25 mortes, em fevereiro 34 e em março 124 mortes.  Em abril, os exames confirmaram 78 mortes. Uma morte segue em investigação e, portanto, o número final pode aumentar. Apesar da redução de mortes de março para abril, os números continuam altos.

Entre os 364 pacientes que vieram a óbito, em decorrência da COVID-19, 187 eram homens, bem como 177 eram mulheres. Além disso, 102 vítimas fatais tinham menos de 60 anos. Já as outras 262 vítimas tinham 60 anos ou mais.

Internações

De acordo com o boletim, não há fila de espera pelos leitos regionais de UTI, nem de enfermaria. Os 46 leitos de UTI regionais, no entanto, continuam 100%  ocupados.

A taxa de ocupação dos leitos regionais de enfermaria no Hospital de Campanha da Santa Casa subiu de 63% para 83%. Mas, os leitos de enfermaria da UPA Vila Davi continuam desocupados.

De acordo com boletim, aliás,  o número total de internados caiu de 65 para 60. Dos, 60 moradores de Bragança Paulista internados, 51 já tem confirmação de COVID-19 e 9 pacientes aguardam os resultados de exames.

Ainda segundo o boletim da Prefeitura, 34 moradores de Bragança Paulista recebem atendimentos em outras cidades porque quando foram internados aqui não havia vagas.

Outros números

O boletim de hoje da Secretaria de Saúde indica ainda:

  • 34.365 notificações ao Ministério da Saúde, sendo que só no boletim de hoje foram mais 162 notificações de casos suspeitos
  • 65.018 testes realizados desde o início da pandemia
  • 95 casos confirmados de COVID-19, em 24 horas
  • 17.310  casos confirmados desde o início da pandemia
  • 12.365 pacientes recuperados, 471 recuperado desde sexta-feira, 30
  • 4.530 pacientes positivos em isolamento domiciliar
  • 106 pacientes aguardando resultados de exame em casa
  • 51 pacientes positivos internados
  • 9 pacientes aguardando resultados de exames internados
  • 364 mortes confirmadas e uma morte em investigação
  • 29.776 pessoas vacinadas com a primeira dose da vacina contra a COVID-19 e 18.396 imunizadas com as duas doses.

INFORME-SE

A melhor arma contra a desinformação é o jornalismo sério e profissional. Informe-se diariamente, pelo Jornal Em Pauta.

Para ficar sempre por dentro das últimas informações sobre o coronavírus em Bragança Paulista, Atibaia e região, aliás, é fácil. Acesse o link: https://jornalempauta.com.br/tag/coronavirus/

Quer receber notícias de Bragança Paulista, bem como região no celular? É só clicar aqui:
WhatsApp do Em Pauta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *