Guarda de Bragança pode indicar mulheres para programa de geração de renda

Foto: Arquivo

A partir de agora, as cidades cujas Guardas Civis Municipais integram o Projeto Guardiã Maria da Penha poderão indicar aos promotores de Justiça de sua comarca as mulheres em situação de vulnerabilidade para programas de capacitação e geração de renda do Instituto Rede Mulher Empreendedora.

A novidade foi anunciada em reunião realizada na sexta-feira, 30, entre os integrantes do Comitê de Violência Doméstica do Gabinete de Crise da COVID-19 e representantes do Projeto Guardiã de São Paulo e também dos municípios de Barueri, Bragança Paulista, Conchal, Cotia, Embu das Artes, Itapevi, Guarujá, Guarulhos, Jandira, Jundiaí, Osasco, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba, Santos, Taboão da Serra, Taubaté, Várzea Paulista e Vinhedo.

Bragança Paulista aderiu ao Projeto Guardiã Maria da Penha ainda na gestão do ex-prefeito Fernão Dias, em 2016. No início da administração de Jesus Chedid o projeto ficou abandonado, mas depois foi retomado e hoje está em funcionamento.

Em nota divulgada pelo Ministério Público do Estado de São Paulo, o encaminhamento das vítimas de violência doméstica tornou-se possível em novembro do ano passado, quando o MP-SP assinou um termo de cooperação técnica com o instituto, que abriu a oportunidade para que mulheres tenham a chance de se capacitar gratuitamente no Programa ‘Ela Pode’.

DIFICULDADES NA PANDEMIA

O objetivo do projeto, que tem apoio do Google, é atender a 135 mil pessoas em dois anos.

O acordo prevê um canal exclusivo para o MP-SP, sem limite de vagas, para que promotoras e promotores encaminhem mulheres em situação de vulnerabilidade. A parceria foi formalizada por sugestão do comitê, que detectou forte impacto da pandemia neste quadro. Além do aumento de violência, muitas delas tornaram-se economicamente dependentes de parceiros violentos após a perda de sua fonte de renda.

O Em Pauta entrou em contato com a Prefeitura de Bragança Paulista a fim de saber se já existe um levantamento de quantas mulheres serão indicadas em Bragança Paulista, mas até o momento não obteve retorno.

INFORME-SE

Para ficar sempre por dentro de oportunidades de cursos, bem como concursos e vagas de emprego acesse: https://jornalempauta.com.br/category/oportunidades/

Quer receber notícias de Bragança Paulista, bem como da região no celular?  É só clicar aqui:
WhatsApp do Bragança Em Pauta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *