Irmãs tomam suco com produto de limpeza em escola na Águas Claras

Atualizado as 23h

No final tarde desta quarta-feira, dia 11, a Prefeitura de Bragança Paulista, enviou uma nota à imprensa, sobre duas crianças que teriam ingerido produto de limpeza no suco na Escola Municipal Professor Doutor Francisco Murillo Pinto, situada no Jardim Águas Claras.

Segundo a Prefeitura, uma criança teria colocado produto de limpeza no copo de duas irmãs.

Segundo a nota, o caso que eles chamam de “incidente de suposta ingestão de produto de limpeza no suco”, envolveu alunas do 5º ano do ensino fundamental, ou seja, deveriam ter idade de 10 a 11 anos, mas conforme o apurado pela reportagem, quem colocou o produto de limpeza é uma aluna já de 14 anos de idade. Nesta idade, já não é mais considerada criança e sim adolescente.

A Prefeitura, informou que a direção da escola e corpo docente foram comunicados que uma das crianças colocou parte de um produto de limpeza no suco de outras duas colegas (irmãs).

Assim que as irmãs provaram o conteúdo e sentiram o gosto estranho descartaram o líquido.

Imediatamente, segundo a nota, a escola comunicou os pais das crianças envolvidas no caso.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE



A responsável pelas crianças, que teriam ingerido o suco, optou por levá-las até o pronto atendimento da Santa Casa, hospital no qual a família é conveniada. As crianças foram atendidas e liberadas, passam bem e seguem em observação nas próximas horas.

Ainda de acordo com a nota, a equipe da Secretaria Municipal de Educação esteve na residência da família prestando assistência e dando todo suporte necessário.

O vice-prefeito, Amauri Sodré da Silva, entrou em contato com a mãe das crianças colocando a Administração Municipal à disposição e confirmando que as crianças passam bem.

Ainda na nota, a Prefeitura lamenta o que classificam como “fatalidade ocorrida diante dessa ação impensada entre colegas de sala” e comunica que abrirá um processo administrativo para apurar as circunstâncias do fato.

Na nota, não foi mencionado como a adolescente que colocou produto de limpeza nos copos, teve acesso ao produto.