Megaoperação acaba com “fluxo de rua” em Bragança Paulista

Nas últimas semanas, tem ocorrido com frequência na região dos bares das proximidades da Universidade São Francisco (USF), no bairro do Jardim São José um movimento conhecido em grandes cidades como o “fluxo de rua”.

Centenas de jovens ficam próximos aos carros com som alto, fazendo uso de bebidas alcoólicas e entorpecentes, dançando, empinando motos e fazendo um barulho ensurdecedor com os escapamentos, conforme relataram moradores vizinhos à reportagem.

Entre a noite de quinta-feira (30) e a madrugada de hoje (1°), a Polícia Militar e a Força Tática e a ROCAM (Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas) do 34° BPMI; a Guarda Civil Municipal, inclusive com o ROM (Rondas Ostensivas com Motocicletas), canil e a cavalaria da GCM; fiscais da Prefeitura e da Vigilância Sanitária, Juizado de Menores e Conselho Tutelar realizaram uma megaoperação com o objetivo de devolver a tranquilidade aos moradores da região. Ao menos 20 viaturas, mais de 70 agentes, um cachorro e quatro cavalos foram empregados na ação.

Embora nos materiais de divulgação da festa, divulgado em redes sociais, os organizadores afirmassem que o “fluxo de rua não tem hora pra acabar”, teve hora pra acabar sim.

A FORÇA-TAREFA

A força-tarefa chegou ao bairro do Jardim São José por volta das 21h45, quando centenas de jovens já se aglomeravam na Rua João Polidori. As equipes se dividiram e todos os acessos ao bairro foram fechados, pelas ruas Renata de Oliveira e Fidelis Cipriani. Inicialmente os militares da Força Tática adentraram ao baile, protegendo-se com escudos balísticos e com o ambiente devidamente controlado, os fiscais da Prefeitura passaram a vistoriar os estabelecimentos, os jovens abordados, carros e motos vistoriados.

Um caminhão da Secretaria Municipal de Serviços foi utilizado para apreender mesas e cadeiras dos bares, que estavam irregularmente na via pública.

ADEGA NO LAGO DO TABOÃO

Com a chegada da polícia e o fim do “fluxo”, parte dos frequentadores desceram até a região do Lago do Taboão, em frente a uma adega, onde continuaram a perturbar o sossego público com som em carros e barulho de motocicletas.

Por isto, equipes da PM e GCM, já na madrugada de hoje (1°) fizeram um rescaldo da operação e abordaram mais pessoas e veículos em alguns pontos do Lago do Taboão, dispersando a aglomeração de pessoas e veículos.

BALANÇO DA OPERAÇÃO

De acordo com informações do 34° Batalhão da Polícia Militar do Interior, 6 carros e 24 motocicletas foram apreendidos, 4 adolescentes foram conduzidos às suas residências pelo Conselho Tutelar, 4 pessoas foram multadas por não usarem máscara, 53 autos de infração de trânsito foram confeccionados e dezenas de pessoas foram abordadas.

PORTE DE ENTORPECENTE

Uma motocicleta ocupada por dois indivíduos, que fugiu do cerco policial foi perseguida por uma equipe da GCM até o bairro da Vila Aparecida. Lá, constatou que eles carregavam certa quantia de entorpecente e por isto foram encaminhados ao Plantão Central da Polícia Civil.

MAIS NOTÍCIAS POLICIAIS

A melhor arma contra a desinformação é o jornalismo independente, sério e profissional, portanto, informe-se diariamente, pelo Jornal Em Pauta.

Outras notícias polícias você encontra na aba Polícia, no menu principal do site, bem como, na página Polícia em Pauta no Facebook.

Para receber as principais notícias do dia de Bragança Paulista e da região participe dos grupos de WhatsApp do Em Pauta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *