Mulher de 47 anos é vitima fatal nº 574 da COVID em Bragança Paulista

Uma mulher de 47 anos é a vitima fatal nº 574 da COVID-19 em Bragança Paulista, segundo o boletim divulgado nesta quinta-feira (14) pela Secretaria de Saúde de Bragança Paulista.

A vítima estava hospitalizada em leito de UTI e faleceu no dia 4 de outubro. A Prefeitura não justificou a demora de 10 dias na divulgação da morte. A última morte confirmada datava do dia 5 de outubro.

O boletim de hoje contabiliza também a confirmação de novos 28 casos de COVID-19 nas últimas 24 horas.

Além disso, mostra que a taxa de ocupação dos atuais 17 leitos de UTI regionais subiu nas últimas 24 horas de 69% para 81%.  Hoje (14) Bragança Paulista tem apenas 19  moradores internados tanto em leitos SUS, como em leitos particulares e de convênio. São 3 internações há mais que ontem.  Dos 19, um total de 14 internados já tem exames positivos para COVID e 5 aguardam os resultados de exames.

OUTROS NÚMEROS

O boletim de hoje registra ainda:

  • 56.072 notificações ao Ministério da Saúde, sendo que só no boletim de hoje foram mais 88 notificações de casos suspeitos
  • 91.937 testes realizados desde o início da pandemia
  • 28 casos confirmados de COVID-19 desde a última atualização
  • 26.827 casos confirmados desde o início da pandemia
  • 25.996 pessoas recuperadas desde o início da pandemia
  • 273  pacientes positivos em isolamento domiciliar
  • 19 pacientes aguardando resultados de exame em casa
  • 19 pacientes internados, sendo 14 positivos e 5 pacientes aguardando resultados de exames
  • 574 mortes confirmadas
  • 146.009 pessoas vacinadas com uma dose, 114.648 imunizadas com duas doses ou dose única.
INFORME-SE

A melhor arma contra a desinformação é o jornalismo independente, sério e profissional. Informe-se, portanto, diariamente, pelo Jornal Bragança Em Pauta.

No Em Pauta, você encontra notícias atualizadas sobre a COVID-19 em Bragança Paulista, Atibaia e região,

Quer receber notícias atualizadas de Bragança Paulista, bem como região no celular? Entre no grupo de WhatsApp do Em Pauta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *