“Não há outra medida a ser tomada a não ser a restrição forte em Bragança”, afirma secretária de Saúde

A secretária de Saúde Marina de Fátima Oliveira participou na manhã desta quarta-feira, 24, de uma audiência na Câmara Municipal de Bragança Paulista e na oportunidade foi categórica afirmando que já apresentou ao prefeito Jesus Chedid, pedido de restrições de circulação da população no município. “Não há outra medida a ser tomada a não ser a restrição forte em Bragança”, afirma secretária de Saúde.

As medidas que serão tomadas, no entanto, ainda não foram anunciadas até porque o prefeito Jesus Chedid deve aguardar posicionamento do governador João Doria, que apresentará mudanças no Plano São Paulo a partir das 12h45. O Em Pauta, fará a transmissão da coletiva do governador ao vivo, nas redes sociais.

Ainda durante a reunião, a secretária ressaltou que os leitos SUS, tanto de UTI como de enfermaria estão com 100% de ocupação e que não há mais como contratar leitos na Santa Casa e no Hospital Universitário São Francisco (HUSF) e que há pacientes tanto do SUS como de convênios e leitos particulares em cidades como São Paulo, Campinas e Amparo, o que indica o colapso da rede de saúde local.

Vale lembrar, que nos boletins diários, a Secretaria de Saúde de Bragança Paulista, omite o número de internações fora do município bem como a taxa de ocupação dos leitos de convênio/particulares e apenas divulga taxa da rede SUS, dificultando o trabalho da imprensa e mais do que isto, a compreensão da gravidade da pandemia pela população.

Hospital Bragantino

No ano passado, a Prefeitura contratou leitos de UTI no Hospital Bragantino, que mudou de direção na virada do ano.

Após a eleição, estes contratos não foram mais renovados. E, agora, com a ocupação máxima na Santa Casa e no HUSF, a secretária foi perguntada o porquê não voltar a contratar esses mesmos leitos.

“Lá infelizmente há uma confusão imensa de quem é proprietário. Há uma confusão com relação à propriedade e em termos de assistência a mesma forma, porque eu não tenho segurança de alguma com relação a equipe. Portanto, não há possibilidade de pactuação lá, estamos buscando leitos fora”, disse.

Essa tese, foi rebatida pelo proprietário do Hospital, Roberto Schahin, que garantiu que o Hospital reinaugurou a UTI no dia 1° de fevereiro e tanto do ponto de vista médico, como administrativo, encontra-se em total regularidade. Inclusive, as equipes de enfermagem também estão formadas, com funcionários que atuam em outros hospitais da cidade. Hoje a UTI do Hospital Bragantino está com 3 leitos ocupados, de um total de 10 possíveis vagas.

Números de hoje

O boletim de hoje da  Secretaria de Saúde não trouxe o registro de novos falecimentos em decorrência da COVID-19.

Das 149 vítimas fatais da COVID-19 desde o início da pandemia, 74 pacientes que vieram a óbito eram homens, bem como 75 eram mulheres. Além disso, 27 vítimas fatais tinham menos de 60 anos. Já as outras 122 vítimas tinham 60 anos ou mais.

Vale lembrar que das 149 mortes desde o início da pandemia, 103 foram registradas entre março e dezembro de 2020 e 46 em 2021, o que indica aumento do número de falecimentos.

As internações

O boletim de hoje da Secretaria de Saúde indica que 55 moradores de Bragança Paulista estão internados, tanto em leitos SUS como particulares. No dia anterior eram 49. Ao todo, 37 pacientes já têm confirmação de coronavírus. No dia anterior eram 30.  Além disso, 18 pacientes aguardam internados os resultados dos exames. No dia anterior eram 19.

Vale lembrar, que ambas as taxas de 100% de ocupação de leitos de UTI e enfermaria se referem a leitos regionais SUS, ou seja, leitos que atendem Bragança Paulista e mais 10 cidades da região. Ao todo o SUS disponibiliza 31 leitos de UTI, sendo 16 leitos no HUSF, 10 na Santa Casa de Bragança e 5 na Santa Casa de Socorro. Já quando o assunto são enfermarias são 30 no total, sendo 30 no Hospital de Campanha, na Santa Casa de Bragança Paulista.

Desde domingo, o  Em Pauta questiona a Prefeitura se pacientes do município foram levados para outras cidades, quantos estão internados fora, mas até o fechamento desta reportagem não obteve retorno. Os dados também não são disponibilizados no boletim.

Outros números

Desde o início da pandemia, a Prefeitura realizou 19.287 notificações ao Ministério da Saúde, bem como realizou 40.126  testes. Nas últimas 24 horas a Secretaria de Saúde registrou mais 75 casos confirmados de COVID-19.

Ao todo, 9.433 casos foram confirmados até agora sendo que destes 7.703 pacientes estão recuperados. Além disso, 1.544 pacientes ainda estão em isolamento domiciliar, 37 estão internados e 149 morreram.

O município aguarda o resultado de 458 exames, sendo que destes, 440 pacientes estão em isolamento domiciliar, bem como 18 estão internados.

O boletim de hoje também indica o descarte de 59 casos da doença.

INFORME-SE

A melhor arma contra a desinformação é o jornalismo sério e profissional. Informe-se diariamente, pelo Jornal Em Pauta.

Para ficar sempre por dentro das últimas informações sobre o coronavírus em Bragança Paulista, Atibaia e região, aliás, é fácil. Acesse o link: https://bragancaempauta.com.br/tag/coronavirus/

Já para conferir a lista de pessoas vacinadas no município acesse: https://bragancaempauta.com.br/confira-aqui-lista-atualizada-de-vacinados-em-braganca-contra-covid-19/

Quer receber nossas notícias no celular?
É só clicar aqui: WhatsApp do Jornal Em Pauta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.