Prefeitura de Atibaia decreta nova intervenção na Santa Casa

Na última semana, a Prefeitura de Atibaia publicou um novo decreto de intervenção municipal na Santa Casa de Atibaia, com a finalidade de implantar um outro modelo de gestão sob a responsabilidade de uma comissão intervencionista constituída por servidores municipais.

A medida que já teve início dá plenos poderes de direção e administração, formada por agentes públicos e um representante da equipe técnica do hospital, com um coordenador indicado pelo prefeito dentre os membros – todos sem direito à remuneração.




NOVA GESTÃO

“Com o desligamento do antigo interventor e mediante o apelo popular para melhorias no atendimento e no fluxo, a Secretaria de Saúde identificou a necessidade de compor uma equipe técnica, de servidores de carreira, técnicos, para que conseguisse articular melhor a Rede de Saúde de Atibaia, com a porta de urgência e emergência da Santa Casa”, informou ao Em Pauta a secretária de saúde, Grazielle Bertolini.

A nova intervenção no Hospital e Maternidade Santa Casa acontece mais uma vez na modalidade de requisição, ou seja, a Prefeitura requereu os equipamentos, móveis e instalações pertencentes à instituição, além de todos os seus ativos e serviços prestados pelo seu corpo clínico e empregados, com a finalidade de assegurar o pleno atendimento médico-hospitalar à população.



MUDANÇAS IMEDIATAS

“A intervenção faz com que a secretaria se responsabilize integralmente pela assistência hospitalar. Neste primeiro momento as ações foram de ampliar o acesso de pacientes com sintomas gripais, que é o que sobrecarrega o fluxo do pronto-socorro. Implantação do atestado sanitário, que garante o atendimento ao sintomático de baixa complexidade ou sem sintoma, para que ele possa se afastar do trabalho, para garantir quarentena. Adequação do fluxo do atendimento do pronto-socorro e criação de mais 8 leitos de observação”, complementou Grazielle.

Ainda de acordo com a Prefeitura de Atibaia, outras mudanças são: treinamento e capacitação dos profissionais; implantação da alta qualificada (pós-alta com acompanhamento em UBS); implantação de Ouvidoria da Santa Casa; melhorias na estrutura do prédio; entre outras ações.

“50% dos problemas se resolvem com ações gerenciais e organizações, mas teremos que investir em melhorias estruturais”, afirmou a secretária ao Em Pauta.

HOSPITAL MUNICIPAL

“Temos ciência das limitações da Santa Casa, hoje, para o pleno atendimento das necessidades da população. A Santa Casa se tornou um hospital regional, porque recebe cada vez mais moradores de outros municípios da região, mas que apresenta uma estrutura limitada, inclusive física, para a demanda que recebe. Por esse motivo temos em nosso planejamento a entrega do Hospital Municipal, que infelizmente está com as obras paralisadas em razão de uma ação com motivações políticas. Mas, enquanto esse impasse não é resolvido, não temos medido esforços para melhorar a qualidade do atendimento na Santa Casa de Atibaia e essa medida é mais uma prova disso. Tenho certeza que a intervenção dessa equipe técnica acarretará resultados positivos para a nossa população”, afirmou o prefeito Emil Ono.

A nova intervenção consta no Decreto nº 10.004/2022, publicado na edição n.º 2.438 da Imprensa Oficial Eletrônica da Estância de Atibaia (IOE).

📲Entre no grupo de WhatsApp do Jornal Em Pauta e receba as últimas e principais notícias
📲 Siga o Jornal Em Pauta no Instagram e no Twitter
📲 Entre no grupo do Telegram do Jornal Em Pauta e receba as últimas e principais notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.