Red Bull Bragantino perde para reservas do Athletico-PR de 4 a 2

O Red Bull Bragantino perdeu de 4 a 2 para o Athletico-PR na tarde deste sábado (25) na Arena da Baixada, em Curitiba. Essa foi a primeira vez que as equipes se enfrentaram após a final da Copa Sul-Americana, em que o Athletico conquistou o título após derrotar o Massa Bruta por 1 a 0.

O Athletico começou a partida de hoje fazendo jus ao apelido de furacão.  Logo aos 4 minutos Vitor Bueno cruzou pela esquerda, Erick entrou no meio da área e cabeceou para o gol, abrindo o placar.




O segundo veio dez minutos depois. Vitor Bueno recebeu de calcanhar de Hugo Moura e cruzou. Aderlan ainda cortou, mas Orejuela ganhou do goleiro Cleiton e marcou o seu.

Como um furacão, a equipe do Athletico continuou pressionando e marcou o terceiro aos 22 minutos. Rômulo roubou a bola e bateu rasteiro. Cleiton falhou e viu a bola entrando lentamente no gol.

Com a derrota no primeiro tempo, o técnico Maurício Barbieri fez as primeiras mudanças ainda no intervalo. Carlos Eduardo e Alerrandro entraram no lugar de Jan Hurtado e Helinho.

O Massa Bruta buscou espaços mas não conseguia impor seu jogo e viu o Athletico marcar o quarto, aos 21 minutos em um contra-ataque. Ele mandou uma bomba de fora da área e balançou a rede.

Após tomar o quarto, Barbieri mexeu mais uma vez na equipe. Saiu Aderlan e  Hyoran para a entrada de Andres Hurtado e Miguel.  Aos 24 minutos Luan Cândido mandou uma bola na trave, aos 24 minutos. No minuto seguinte ele apareceu nas costas da zaga e manda para o gol, mas estava impedido e o gol não valeu.

Aos 29 minutos, o técnico fez a última substituição em busca de tentar diminuir o placar. Jadson entrou no lugar de Raul.  O primeiro gol do Bragantino saiu aos 33 minutos. Miguel encontrou Luan Cândido livre na área. O lateral bateu cruzado e Alerrandro marcou o dele.

Logo em seguida, Miguel dominou na área e foi derrubado por Pablo Siles. O árbitro marcou pênalti. Evangelista bateu e marcou o segundo do Bragantino na partida.  O Massa Bruta ainda tentou surpreender o Athletico, mas não conseguiu empatar a partida.

Com o resultado o Bragantino continua temporariamente em 10º lugar na tabela, com 18 pontos. A equipe volta a campo no dia 4 de julho contra o Botafogo, em Bragança Paulista.

Após a partida, Felipão, que é técnico do Athletico elogiou o trabalho de Maurício Barbieri.  “O Barbieri é um dos nossos novos técnicos com grande trabalho. A equipe do Bragantino  joga muito futebol. Sabíamos que íamos sofrer um pouquinho mas tivemos a sorte e qualidade de conseguir fazer os gols e deixá-los intranquilos”, disse.

📲Entre no grupo de WhatsApp e receba as últimas e principais notícias
📲 Siga o Jornal Em Pauta no Instagram e no Twitter
📲 Entre no grupo do Telegram e receba as últimas e principais notícias




 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.