Após filha de Cláudio Moreno, filha de Bugalu também é nomeada

Depois de nomear a filha do ex-vereador Claudio Moreno, derrotado na Eleição 2020, mais um parente direto de vereador que não conseguiu se reeleger recebeu um cargo de comissão da Administração Jesus/Amauri.

Trata-se da filha de Antônio Nunes de Mattos, o Bugalu. Inclusive, ela tinha feito um apelo no Facebook pedindo um cargo na Prefeitura (foto). Na reportagem do Em Pauta sobre a nomeação de Sidiney Guedes, ela disse: “Eu quero um cargo desse”. Agora, foi contemplada, com outro de menor salário.

De acordo com a portaria n° 10.117, datada de 9 de fevereiro, Fernanda Leme Mattos exercerá o cargo de Assessora de Departamento, Nível VI, Referência C06, cujo salário é de R$ 3.142,04. Ela trabalhará na Secretaria Municipal de Ação e Desenvolvimento Social a partir do próximo dia 18.

Camila Moreno Lopes de Andrade, filha do funcionário da FM 102, de propriedade da Família Chedid, havia sido nomeada Assessora de Departamento, Nível V, Referência C5. Seu salário será de R$ 2.512,25 e ela já está lotada na Secretaria Municipal de Saúde.

Desta forma, dos vereadores do Grupo Chedid derrotados na Eleição de novembro, quatro diretamente ou indiretamente estarão ligados à Prefeitura. Sidiney Guedes e Mario B. Silva como zeladores e Claudio Moreno e Bugalu com suas filhas em cargos de assessoramento.

Também já foi nomeado na Prefeitura, o ex-assessor de Beth Chedid. Da base do Grupo Chedid na antiga gestão, aparentemente, ainda sem nomeações estão os derrotados Ditinho Bueno do Asilo e Dr. Claudio, que  continuam com suas atribuições privadas, fora da política.

INFORME-SE

A melhor arma contra a desinformação  é o jornalismo sério e profissional. Informe-se diariamente, pelo Jornal Em Pauta.

Quer receber nossas notícias no celular?
É só clicar aqui: WhatsApp do Jornal Em Pauta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *