Área do antigo hospital da Unimed será leiloada por R$ 3,5 milhões

Área do antigo hospital da Unimed será leiloada por R$ 3,5 milhões

A Prefeitura de Bragança Paulista avaliou o terreno do antigo Hospital da Unimed, localizado no Lago do Taboão em R$ 3.581.500,00 e agendou para o dia 8 de fevereiro o seu leilão. Portanto, este deve ser o valor do lance mínimo.

Na oportunidade, serão leiloados ainda outros terrenos e imóveis de menor valor, bem como veículos, máquinas, materiais e utensílios diversos. O terreno localizado na Avenida Salvador Markowicz é disparado o de maior avaliação monetária, de todos os itens do leilão.



TERRENO INSERVÍVEL?

Em setembro de 2023, durante a tramitação na Câmara, a Prefeitura tratou estes espaços como “terrenos avulsos e em áreas urbanizáveis e inservíveis para a construção de bens públicos” (foto). O terreno está localizado em uma das áreas mais nobres de Bragança Paulista e, por isso, parte dos vereadores ressaltaram no debate que ele não é inservível como alegou a Prefeitura.

Por fim, o Projeto de Lei Complementar que autoriza a Prefeitura de Bragança Paulista a realizar a venda de imóveis urbanos de sua propriedade acabou aprovado com 15 votos favoráveis e apenas 4 contra.

COMO VOTARAM OS VEREADORES?

Foram favoráveis a venda dos terrenos públicos “inservíveis” a base do prefeito: Camila Marino, Fabiana Alessandri, Fábio Nascimento, Gi Borboleta, Jocimar Scotti, José Gabriel, Juninho Boi, Marco Leitão, Marcos Roberto, Missionária Pokaia, Natanael Ananias, Rita Leme, Sidiney Guedes e Tião do Fórum. Também votou junto com o Grupo Chedid o vereador Ismael Brasilino.

Os contrários da Prefeitura se desfazer do espaço que poderia ser um equipamento público foram: Claudio Coxinha, Marcolino, Miguel Lopes e Quique Brown.

Por sua vez, o então líder do prefeito na Câmara e hoje funcionário comissionado da Prefeitura, Sidiney Guedes, chegou a dizer em Audiência Pública que este seria “o pior terreno”, alegando que ninguém quis arrematá-lo judicialmente.

Durante todo o histórico de aquisição do terreno, desde o Governo Jesus Chedid, a Prefeitura tratou o espaço como apto a receber equipamentos públicos, como Unidade de Saúde por exemplo. Até o mês de junho de 2023, a Secretaria de Comunicação afirmava que “o prédio poderá ser usado para instalação de equipamentos públicos, centros comunitários, ou outras destinações que atendam a população”.

O LEILÃO

O Leilão Público será realizado de forma presencial e online, de forma simultânea, no dia 8 de fevereiro de 2024, às 10h, na sede da Secretaria Municipal de Segurança e Defesa Civil, localizada na Avenida Francisco Samuel Luchesi Filho, n° 42, Jd. Júlio Mesquita. Todas as informações referentes aos lotes do Leilão 001/2023 estão disponíveis no site da Prefeitura ou ainda no site da leiloeira responsável.

📲Entre nos grupos de notícia do WhatsApp do Jornal Em Pauta ou do Telegram
📲 Siga o Bragança Em Pauta no Instagram e no Twitter

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *