ATENÇÃO: Golpe do falso mecânico faz vítimas em Bragança Paulista

ATENÇÃO: Golpe do falso mecânico faz vítimas em Bragança Paulista

A Polícia Civil investiga boletins de ocorrência registrados nos últimos dias por vítimas de um novo golpe de estelionatários: o do falso mecânico. Nos casos que chegaram ao conhecimento do Em Pauta, as vítimas são pessoas idosas e mulheres.

ENTENDA COMO FUNCIONA O GOLPE
  • O golpe é aplicado em estradas e também nas cidades.
  •  A vítima está trafegando com o seu veículo e alguém faz sinais, alertando-a sobre um suposto problema no automóvel.
  •  Caso a vítima não pare inicialmente, uma segunda pessoa faz sinais mais à frente, para dar credibilidade e o condutor ser convencido de que há algo de errado acontecendo com seu carro.
  •  Ao finalmente parar o veículo para verificar o que está ocorrendo, uma terceira pessoa se aproxima oferecendo ajuda e diz que conhece um mecânico, fazendo uma ligação de celular.
  •  O falso mecânico surge rapidamente vestindo jaleco azul e com uma mala de ferramentas. Faz uma falsa vistoria no carro e um rápido reparo falso. Eventualmente derruba óleo no chão para simular um vazamento.
  •  O falso mecânico cobra um valor bem abaixo do mercado e informa que possui máquina de cartão de débito.
  • A vítima tenta realizar o pagamento, mas problemas diversos surgem na máquina. Para deixar a situação mais confusa, o falso mecânico afirma que está com pressa e o rapaz que o chamou acaba concluindo a cobrança na máquina.
  • Neste momento, a vítima pensa que está sendo debitado somente o valor do falso reparo, mas valores maiores que o combinado são furtados, sem que ela possa notar na máquina.

 



 

CASOS EM BRAGANÇA

Nesta semana, ao menos dois casos foram registrados em Bragança Paulista na Polícia Civil. Por isso, a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) está atuando na investigação. Imagens de eventuais suspeitos nas imediações de onde ocorreram as abordagens, podem colaborar.

Há relatos de prejuízos de aproximadamente R$ 3 mil com uma das vítimas.

O Em Pauta optou por não divulgar os locais, para não atrapalhar as investigações, mas tem sido comum o golpe em regiões próximas a supermercados de grande circulação, onde há as vítimas mais propensas a cair neste golpe.

Informações que possam colaborar com a DIG podem ser fornecidas no telefone (11) 4033-3535.

📲 Receba notícias no seu celular pelo WhatsApp do Jornal Em Pauta ou Telegram
📲 Siga o Bragança Em Pauta no Instagram e no Twitter




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *