COVID-19: boletim contabiliza três óbitos porém um deles foi em janeiro

Bragança Paulista contabilizou no boletim de hoje mais três óbitos confirmados de COVID-19. Desde o início da pandemia são 135 óbitos confirmados. Há ainda uma morte em investigação. O que chama atenção é que um dos três óbitos foi registrado há mais de 15 dias.

Das três novas vítimas fatais duas são mulheres e apesar de residirem em Bragança Paulista estavam internadas em Jundiaí e Atibaia. Uma delas, é uma mulher de 49 anos que estava em leito de UTI, em Jundiaí, e evoluiu a óbito no dia 25 de janeiro.

A Prefeitura justificou que quando uma notificação é feita em outro município, o mesmo leva um tempo para chegar ao município de origem. Ontem o Em Pauta, publicou com exclusividade, que tanto pacientes do SUS como de convênios são levados para outra cidade, devido a demanda no município. 

A outra mulher vítima fatal da COVID-19 é Wanda Maria Inácio, de 63 anos. Segundo familiares ela não tinha doenças de base e apesar do falecimento ter sido registrado no sábado, 6, só foi divulgado hoje. Ela deixou as filhas Herika e Najara,, a neta Juliana, familiares e amigos.

A terceira vítima fatal é um homem de 71 anos que estava em leito de UTI e evoluiu a óbito na última terça-feira, 9.

Em nota, a Prefeitura de Bragança Paulista lamentou as mortes.

Além das 135 mortes confirmadas hoje o boletim traz um caso suspeito de COVID-19 que evoluiu a óbito. A vítima fatal é uma mulher de 64 anos, que estava em leito de enfermaria e evoluiu a óbito ontem. O caso segue em investigação.

Balanço de mortes

O Em Pauta vinha contabilizando 12 mortes em dezembro e 23 em janeiro. Houve, no entanto, uma correção de datas de falecimentos da virada do ano e vale registrar que em dezembro, portanto, foram 13 mortes e janeiro eram 22 mortes, até a divulgação de um falecimento registrado no dia 25 e divulgado só hoje..

Com os números corrigidos e atualizados com o boletim de hoje são, portanto: 13 mortes em dezembro e 23 mortes em janeiro.

O mês de janeiro, ainda assim, é o recordista no número de falecimentos.   Em 2020, os meses que mais registraram mortes em decorrência da COVID-19 foram agosto, bem como setembro, com 21 mortes confirmadas em cada um dos meses.

Das 135 vítimas fatais da COVID-19, desde o início da pandemia, 67 pacientes que vieram a óbito eram homens, bem como 68 eram mulheres. Além disso, 25 vítimas fatais tinham menos de 60 anos. Já as outras 110 vítimas tinham 60 anos ou mais.

Outros números

A Prefeitura de Bragança Paulista notificou ao Ministério da Saúde mais 152 casos suspeitos de COVID-19, nas últimas 24 horas. Desde o início da pandemia, aliás, a Prefeitura realizou 17.941 notificações ao Ministério da Saúde, bem como realizou 38.783 testes. Nas últimas 24 horas, aliás, a Secretaria de Saúde registrou mais 62 casos confirmados de COVID-19.

Ao todo o município aguarda o resultado de  555 exames, sendo que destes, 546 pacientes estão em isolamento domiciliar, bem como 8 estão internados e um paciente morreu.

Entre os 62 casos confirmados hoje há nove pessoas com 60 anos ou mais, sendo sete mulheres e dois homens. Duas das mulheres têm 63 anos, outras duas têm 69 anos. As outras pacientes têm 64, 73 e 79 anos. Já os dois homens têm 60 anos.

Quando o assunto são crianças e adolescentes, o boletim de hoje traz como positivos para COVID-19, um garoto de 17 anos e duas meninas de 6 e 14 anos anos. Todos os outros pacientes têm de 18 a 59 anos.

As internações

O boletim de hoje da Secretaria de Saúde indica que o número de internações caiu. Hoje são 38 moradores de Bragança Paulista internados, tanto em leitos SUS como particulares. No dia anterior eram 45.

Ao todo, 30 pacientes já têm confirmação de coronavírus. Ontem eram 32 pacientes internados com COVID-19.  Além disso, 8 pacientes aguardam internados os resultados dos exames. Ontem eram 13 pacientes.

Já com relação à taxa de ocupação dos leitos regionais de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do Sistema Único de Saúde (SUS) o boletim indica, aliás, que houve manutenção das internações. A taxa se manteve alta com 96% da ocupação.

A taxa de ocupação de leitos de enfermaria, no entanto, caiu mais uma vez, indo de 60% para 56%.

Vale lembrar, que ambas as taxas se referem a leitos regionais SUS, ou seja, leitos que atendem Bragança Paulista e mais 10 cidades da região. Ao todo o SUS disponibiliza 31 leitos de UTI, sendo 16 leitos no HUSF, 10 na Santa Casa de Bragança e 5 na Santa Casa de Socorro. Já quando o assunto são enfermarias são 30 no total, sendo 30 na Santa Casa de Bragança Paulista.

INFORME-SE

A melhor arma contra a desinformação  é o jornalismo sério e profissional. Informe-se diariamente, pelo Jornal Em Pauta.

Para ficar sempre por dentro das últimas informações sobre o coronavírus em Bragança Paulista, Atibaia e região, aliás, é fácil. Acesse o link: https://bragancaempauta.com.br/tag/coronavirus/

Já para conferir a lista de pessoas vacinadas no município acesse: https://bragancaempauta.com.br/confira-aqui-lista-atualizada-de-vacinados-em-braganca-contra-covid-19/

Quer receber nossas notícias no celular?
É só clicar aqui: WhatsApp do Jornal Em Pauta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *