Doses prometidas não chegam e gera confusão em Unidades de Saúde

Este sábado, 8, era para ser de alívio a muitos trabalhadores da área da saúde de Bragança Paulista, que finalmente receberiam a primeira dose da vacina contra COVID-19.

A imunização da categoria teve início no final de janeiro, com profissionais de saúde que estão na linha de frente de hospitais e deveria ter prosseguido para outras áreas, como clínicas médicas, de fisioterapia, fonoaudiologia, farmácias, psicólogos etc.

Todavia, desde então estes profissionais não encontraram mais doses disponíveis em Bragança e receberam a notícia no último dia 3, quando o deputado estadual Edmir Chedid anunciou por meio de um vídeo: “Tenho uma boa notícia para Bragança Paulista viu professor Amauri!”

“É uma ótima notícia mesmo, quero agradecer ao deputado Edmir. Felizmente chega ao município 3.015 doses de vacinas destinadas aos trabalhadores da área de saúde”, disse na ocasião a secretária Marina de Fátima Oliveira.

TRABALHADORES NÃO CONSEGUEM SE VACINAR

Desde o início da manhã, chegaram à redação do Em Pauta dezenas de mensagens, de trabalhadores da saúde que fizeram o seu agendamento, juntaram todos os documentos solicitados pela Prefeitura, mesmo assim não conseguiram se vacinar.

Há depoimentos de fisioterapeutas, educadores físicos, recepcionistas de clínicas médicas, cuidadores de idosos, nutricionistas, entre outros.

De acordo com o Boletim Informativo da Vigilância Epidemiológica, divulgado na ocasião do agendamento, estes profissionais deveriam ser contemplados, o que não ocorreu.

Em algumas Unidades de Saúde alguns profissionais chegaram a se exaltar e houve confusão entre trabalhadores da saúde e os funcionários da Prefeitura. O Em Pauta optou por não divulgar os vídeos, para não expor nenhum dos lados.

DOSES ANUNCIADAS POR EDMIR CHEDID NÃO CHEGARAM

Já no período da tarde, a Secretaria Municipal de Saúde se manifestou oficialmente sobre a confusão.

“Infelizmente, a Secretaria de Saúde não recebeu todas as doses e já reiterou o pedido de mais doses ao Governo do Estado para contemplar todos os profissionais e trabalhadores da saúde”, diz trecho da nota.

“ Informamos que ao término da vacinação deste sábado, a equipe da Vigilância Epidemiológica verificará o que sobra de doses e abrirá novo agendamento para todos os profissionais de saúde (assistentes sociais, auxiliares em laboratórios de análises clínicas, biomédicos, biólogos, cirurgiões dentistas, enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, médicos, nutricionistas, profissionais de educação física, psicólogos, terapeutas ocupacionais, técnicos e auxiliares de enfermagem, técnicos e auxiliares de saúde bucal, técnicos em laboratórios de análises e técnicos em radiologia)”, complementa.

O agendamento para este grupo foi aberto no dia 4, ou seja, mesmo sem a chegada da totalidade das doses anunciadas no gabinete da Prefeitura.

INFORME-SE

A melhor arma contra a desinformação é o jornalismo sério e profissional. Informe-se diariamente, pelo Jornal Em Pauta.

Para ficar sempre por dentro das últimas informações sobre o coronavírus em Bragança Paulista, Atibaia e região, aliás, é fácil. Acesse o link: https://jornalempauta.com.br/tag/coronavirus/

Quer receber notícias de Bragança Paulista, bem como região no celular? É só clicar aqui:
WhatsApp do Em Pauta

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *