Encerrado prazo do prefeito Amauri para melhoria no transporte

Encerrado prazo do prefeito Amauri para melhoria no transporte

Encerrou-se nesta segunda-feira (5) o prazo dado pelo prefeito Amauri Sodré do Grupo Chedid à empresa JTP Transportes, para apresentar melhorias no transporte público de Bragança Paulista.

O seu líder na Câmara, vereador Sidiney Guedes prometeu deixar a liderança do prefeito se a melhoria não acontecesse até 5 de junho.  “O prefeito também quer que melhore, foi dado um prazo e esse prazo será cumprido. Se não for cumprido, senhoras e senhores, não sou mais líder do prefeito na Casa. O prazo é dia 4, no dia 5 vocês me cobrem”, afirmou o vereador Guedes na sessão da Câmara Municipal do dia 9 de maio.



Na mesma oportunidade ele disse que “a empresa vai ter que corrigir ou ela vai trabalhar na ‘Cochinchina’. Não vai mais trabalhar em Bragança. Assumo a responsabilidade em nome do prefeito, vamos abrir a CEI. Passou da hora, essa Casa está sendo pressionada’, relatou.

CEI CONTA COM 4 ASSINATURAS

Até esta segunda-feira (5), a “CEI da JTP” contava com apenas 4 assinaturas. No último dia 16, o vereador Quique Brown anunciou que protocolou no Legislativo a solicitação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI), para investigação do não cumprimento do contrato no transporte público.

De acordo com o Departamento de Comunicação Institucional (DCI) da Câmara, até às 17h45 desta segunda-feira (5), além de Quique Brown, somente mais 3 vereadores assinaram o requerimento para a investigação: Professor Orivaldo Felicio, Claudio Coxinha e Ismael Brasilino.

A Sessão Ordinária desta terça-feira (5) pode marcar a assinatura em massa dos vereadores do Grupo Chedid à CEI solicitada por Quique Brown ou a saída de Sidney Guedes da liderança do prefeito.

O ULTIMATO DO GRUPO CHEDID

A reunião em que Guedes se referiu aconteceu no gabinete do prefeito Amauri e, de acordo com a Secretaria de Comunicação, foi dado um ‘ultimato’ à empresa JTP. O Em Pauta não foi convidado a participar deste encontro.

Naquela data, Sodré deu prazo de 30 dias para a empresa concessionária responsável pelo transporte coletivo no município apresentar melhorias no serviço público. Agora, com o prazo encerrado, a pergunta que fica é: houve esta melhoria?

Testemunharam o ‘ultimato’ o secretário de Mobilidade Urbana, Rogério Crantschaninov; o secretário de Assuntos Jurídicos, Tiago José Lopes; outros secretários de áreas diversas e os vereadores Gi Borboleta, Rita Leme, Fábio Nascimento e Missionária Pokaia.

No encontro o prefeito Amauri exibiu áudios e vídeos da população e afirmou receber dezenas de reclamações diariamente, de acordo com sua assessoria.

“Não queremos mais reclamações”, afirmou o prefeito Amauri Sodré via Secretaria de Comunicação. Mais otimista, o secretário de Mobilidade Urbana, Rogério, disse que nas últimas semanas foi constatada uma redução do número de reclamações e ocorrências por veículo quebrado.

📲 Receba notícias no seu celular pelo WhatsApp do Jornal Em Pauta ou Telegram
📲 Siga o Bragança Em Pauta no Instagram e no Twitter




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *