Morungaba é a mais nova integrante da rota “Caminho Pro Interior”

Morungaba é a mais nova integrante da rota “Caminho Pro Interior”

A Estância Climática de Morungaba passou a integrar recentemente a rota turística “Caminho Pro Interior”,  que é uma rota de turismo e peregrinação que reúne 20 municípios, sendo 9 pertencentes ao Circuito das Águas Paulista e mais 11 da macrorregião que o envolve, sendo 3 do Sul de Minas Gerais.

Entre os municípios que fazem parte da rota estão: Amparo, Serra Negra, Lindóia, Águas de Lindóia, Socorro, Pedra Bela, Pinhalzinho e Tuiuti.



Morungaba concluiu sua sinalização na semana passada, sendo que a rota passa pela Igreja da Paróquia Imaculada Conceição, local onde foi instalado o Marco Oficial do Município, com o km 298,1.

“No total iremos interligar 537 quilômetros de estradas rurais e áreas urbanas, fazendo com que peregrinos e turistas possam conhecer essas comunidades, suas histórias, Igrejas e Capelas, além dos atrativos turísticos que cada uma delas possui”, explica a idealizadora do projeto, a amparense Maria José Jeremias Guarizzo, mais conhecida como Kate Jeremias.

Além da idealizadora, a rota tomou forma com a ajuda de mais quatro mulheres: Laura Umbelina Santi, Roseli Vasco de Toledo, Silvana Ismael Guarizzo e Viviana da Silveira Bueno.

Segundo elas, o percurso pode proporcionar uma experiência transformadora individual, em família ou em grupo, em direção ao autoconhecimento, à reflexão e ao resgate de memórias. O “Caminho Pro Interior” também incentiva a prática de atividades físicas, esportivas, ecológicas e de aventura e podendo ser percorrido a pé, de bicicleta, a cavalo ou mesmo de carro.

A implantação dessa rota visa fomentar a economia e o turismo na região, envolvendo propriedades e negócios urbanos e rurais, além de propiciar a geração de novos negócios, empregos, mais renda e maior visibilidade aos municípios envolvidos.

📲 Receba notícias no seu celular pelo WhatsApp do Jornal Em Pauta ou Telegram
📲 Siga o Bragança Em Pauta no Instagram e no Twitter




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *