Prefeito de Atibaia lamenta ‘destruição de instituições democráticas’

Prefeito de Atibaia lamenta ‘destruição de instituições democráticas’

O primeiro prefeito da Região Bragantina a se manifestar oficialmente sobre os atos golpistas de vandalismo ocorridos ao longo do domingo (8) em Brasília – DF foi Emil Ono, de Atibaia.

Em Bragança Paulista, se posicionaram: a 16ª subseção da OAB de Bragança, a Diocese de Bragança Paulista, o CIESP – Centro das Indústrias do Estado de São Paulo e a Universidade São Francisco. Até o momento, o prefeito Amauri Sodré não realizou nenhum posicionamento oficial.




Por meio de suas mídias sociais, Emil lamentou o que aconteceu em Brasília. “A destruição de instituições democráticas mostra o quanto necessitamos dialogar sobre respeito e democracia. Qualquer manifestação é válida, desde que seja com civilidade e diálogo. Nosso sistema eleitoral é um dos mais seguros do mundo e não há motivos para que o resultado das urnas seja questionado”, disse.
“O Brasil precisa de união, respeito e democracia para se desenvolver e esse tipo de ato é inaceitável. Que todos os envolvidos sejam punidos e que possamos virar a página de vez do fanatismo político que tomou conta no nosso país”, concluiu.

ATOS GOLPISTAS E DE VANDALISMO

Em um ato golpista, bolsonaristas invadiram e depredaram o Congresso Nacional, o Supremo Tribunal Federal e o Palácio do Planalto. Por isso, foi decretada intervenção federal na área da segurança pública do Distrito Federal e também o afastamento do governador Ibaneis Rocha (MDB).

Mais de 1.200 bolsonaristas acabaram detidos nos atos de vandalismo e também em um acampamento golpista. O Ministério da Justiça criou um canal de denúncias para recebimento de informações sobre os atos terroristas ocorridos em Brasília. Estas, podem ser encaminhadas pelo e-mail [email protected].

📲Entre nos grupos de notícia do WhatsApp do Jornal Em Pauta ou do Telegram
📲 Siga o Bragança Em Pauta no Instagram e no Twitter

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *