Bragança registra em 2024, 32% dos casos de dengue de 2023

Bragança registra em 2024, 32% dos casos de dengue de 2023

Com apenas 25 dias do ano, o município de Bragança Paulista já registrou 59 casos de dengue. Isto representa 32% de todos os casos registrados ao longo dos 12 meses de 2023 na cidade.

A informação é da Secretaria Municipal de Saúde. No ano passado, a média mensal de casos de dengue foi de 15 registros. Já neste ano, o número mais do que triplicou em janeiro.



Esta tendência de alta de casos ocorre em todo país e no Estado de São Paulo. De acordo com a Agência Brasil, o país registrou nas três primeiras semanas de 2024, 12 mortes por dengue e 120.874 casos prováveis da doença. Há 85 óbitos em investigação no país. Já o Governo do Estado de São Paulo informa que até o dia 17 de janeiro, foram confirmados 4.087 mil casos de dengue, distribuídos em 204 municípios. Não há registro de óbitos para a doença em São Paulo.

UPAS ESTÃO LOTADAS EM BRAGANÇA 

Em entrevista a rádio FM, a secretária de Saúde de Bragança Marina de Fátima de Oliveira afirmou que “estamos tendo muito casos de dengue no município. Isto está acontecendo no Brasil todo e aqui não está sendo diferente. A gente pede aos moradores que recebam nossos agentes, eles são importantes para orientar e ver se tem alguma coisa que possa acumular água e com isto ter o mosquito da dengue nascendo”, disse.

“Estamos com medo de termos dengue hemorrágica no município. Pois depois que a pessoa teve a dengue, se tiver de novo pode acontecer a dengue hemorrágica”, se mostrou preocupada Marina.

“As UPAs estão lotadas. A gente tem casos de dengue e outros que parecem ser dengue. Por isto é importante fazer o exame, mas o tratamento independe de identificar se é dengue ou não”, explicou a secretária de Saúde de Bragança Paulista.

ORIENTAÇÕES DO MINISTÉRIO DA SAÚDE

Em nota, o Ministério da Saúde destacou que evitar a proliferação do Aedes Aegypti segue como medida mais eficaz no combate à dengue, já que as larvas se desenvolvem em água parada. “É preciso empenho da sociedade para eliminar os criadouros com medidas simples e que podem ser implementadas na rotina, como tampar caixas d’água e outros reservatórios, higienizar potes de água de animais de estimação, tampar ralos e pias, entre outras.”

A pasta sugere que a população faça uma inspeção em casa pelo menos uma vez por semana para encontrar possíveis focos de larvas. Além disso, é recomendado que as pessoas recebam bem os agentes de saúde e os agentes de combate às endemias. Por fim, recomenda-se como medida adicional de controle, o uso de repelentes e a instalação de telas mosquiteiras, especialmente em regiões com maior registro de casos.

O próximo ‘Arrastão da Limpeza’ em Bragança Paulista está agendado para o dia 5 de fevereiro, nos bairros Residencial Villa Verde, Green Park, Jardim Iguatemi, Vila Romana e Vila Mazzucchelli.

VACINA DA DENGUE

O Ministério da Saúde informou que 521 municípios brasileiros foram selecionados para iniciar a vacinação contra a dengue via Sistema Único de Saúde (SUS) a partir de fevereiro. As cidades compõem um total de 37 regiões de saúde que, segundo a pasta, são consideradas endêmicas para a doença. Não há na relação ainda municípios da Região Bragantina e do Circuito das Águas.

📲Entre nos grupos de notícia do WhatsApp do Jornal Em Pauta ou do Telegram
📲 Siga o Bragança Em Pauta no Instagram e no Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *