Criança de 2 anos morre afogada e acende alerta para cuidados nas férias

Uma criança de apenas 2 anos e 5 meses morreu afogada na tarde de domingo (20) no bairro da Água Comprida, em Bragança Paulista. Segundo o registrado na Polícia Civil, os pais estavam conversando na cozinha e deixaram o filho vendo TV no quarto, por alguns minutos.
Quando voltaram ao quarto, já não encontraram a criança no cômodo.

Saíram então a procura do garoto e o encontraram na piscina. A mãe ainda tentou prestar os primeiros socorros. O casal levou a criança até à Santa Casa, mas o menino acabou falecendo.

CUIDADOS NAS FÉRIAS

O afogamento acende um alerta para que os pais e responsáveis redobrem os cuidados com as crianças nas férias de verão. Há riscos de afogamentos não só em praias e piscinas mas também no banheiro e até com bacias.

O Em Pauta conversou recentemente com o Cabo Donati, do Corpo de Bombeiros de Bragança Paulista, que deu várias dicas de segurança.

“A gente nunca pode perder o contato visual com as crianças. Os pais às vezes se iludem achando que com as boias de braço a criança está segura, mas as crianças menores tendem a ter a parte superior do corpo mais pesada. Com as boias, quando se inclinam para frente acabam se afogando”, alerta o Cabo Donati.

Ele ressalta ainda que é preciso ter cuidado até mesmo com baldes. “A criança vai olhar o balde de limpeza, acaba se desequilibrando, cai com a cabeça no balde e morre afogada”, ressalta ele.

“É importante manter o contato visual sempre. A criança na banheira, por exemplo, pode acabar virando de bruços e aspirando água”, alerta.

INFORME-SE

A melhor arma contra a desinformação é o jornalismo independente, sério e profissional. Informe-se, portanto, diariamente, pelo Jornal Bragança Em Pauta.

Quer receber notícias atualizadas de Bragança Paulista, bem como região no celular? Entre no grupo de WhatsApp do Em Pauta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.