Ex-secretário contratado por 98 mil prestará serviços por 6 meses

O ex-secretário municipal de Mobilidade Urbana do Governo Chedid, Rogério Alves dos Santos, que voltou a prestar serviços à Prefeitura de Bragança Paulista via contratação de MEI (Micro Empreendedor Individual), ao valor de R$ 98.900,00, prestará o serviço pelo período de 6 meses.

A informação veio a público por meio do Pedido de Informações n° 02/2022, de autoria do vereador Quique Brown (PV), que fez os questionamentos após publicação de reportagem do Em Pauta, em dezembro do ano passado. 



A contratação do ex-secretário é para prestar serviços de assessoria técnica em serviços especializados de engenharia voltados à Mobilidade Urbana, com estudos, análises e projetos funcionais básicos para melhoria das condições de fluidez e segurança viária, segundo a Prefeitura.

De acordo com o contrato 227/2021, o pagamento dos R$ 98.900 ocorrerá 28 dias após a emissão de cada Nota Fiscal e mediante apresentação de relatórios. O prazo de vigência do contrato que foi assinado em 29 de novembro é de 6 meses, ou seja, até junho de 2022.

O gestor do contrato do ex-secretário Rogério dos Santos é o atual secretário municipal de Mobilidade Urbana, Rogério Crantschaninov. Rogério dos Santos havia pedido exoneração do cargo em agosto de 2019.

A DANÇA DAS CADEIRAS DA MOBILIDADE URBANA

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana é a pasta que mais sofreu alterações, nas duas gestões do Grupo Chedid (2017/2020 e 2021/2024).

Criada no ano de 2017, o primeiro secretário foi Manoel Botelho. Ele deixou a Prefeitura de Bragança Paulista para trabalhar na diretoria da EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos. Aniz Abib Júnior e Marcelo Alexandre Soares da Silva, que eram secretários de outras áreas, responderam cumulativamente pela Mobilidade em alguns períodos, sendo o segundo e terceiro secretários da pasta. O quarto secretário foi justamente Rogério Alves dos Santos, que chegou a exercer também o cargo de Divisão de Operações, Sinalização e Tecnologia. Com sua saída, Marcelo Alexandre Soares ocupou o cargo mais uma vez.

Em janeiro de 2020, Rogério Crantschaninov, foi nomeado como o quinto secretário e permanece até o momento.
Sua gestão ficou marcada pela remarcação de uma ciclovia na Avenida dos Imigrantes, o embate com comerciantes na Avenida São Lourenço, a digitalização da fiscalização de Zona Azul e a eficácia da instalação de semáforos na rotatória São Francisco de Assis, no Lago do Taboão.

INFORME-SE

A melhor arma contra a desinformação é o jornalismo independente, sério e profissional. Informe-se, portanto, diariamente, pelo Jornal Bragança Em Pauta.

Para receber as principais notícias do dia de Bragança Paulista e da região, participe dos grupos de WhatsApp do Em Pauta ou acesse nosso grupo de notícias no Telegram.




One thought on “Ex-secretário contratado por 98 mil prestará serviços por 6 meses

  • 09/02/2022 em 07:18
    Permalink

    Quem entende de trânsito em Bragança é o povo que usa. É só perguntar que o povo organiza essa zona.. de graça.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.