Fernão Dias é a segunda rodovia que mais mata no estado

Estudo da Confederação Nacional do Transporte (CNT), divulgado no último dia 8, aponta que a Rodovia Fernão Dias ocupa o segundo lugar no ranking de “Mortes por rodovia” no estado de São Paulo. Além disso, a BR-381, como também é conhecida, recebe ainda a segunda colocação no ranking de “Acidentes com vítimas por rodovia” em SP.

O Painel CNT de Consultas Dinâmicas de Acidentes Rodoviários, é uma ferramenta que utiliza dados da Polícia Rodoviária Federal sobre acidentes ocorridos em rodovias federais desde 2007. A última atualização do painel concluiu que, no ano passado, 5.391 pessoas perderam a vida em acidentes rodoviários em todo o país. O estudo leva em conta somente os acidentes nas rodovias federais.




Já no estado de SP, a BR-116 (173 mortos em 2021) e a BR-381 (27 mortos em 2021) são as campeãs em número de mortes, sendo as principais vítimas, homens (85,4%), acima de 45 anos (24,2%). No ranking de “Acidentes com vítimas por rodovia” no estado, a colocação de ambas as rodovias se mantêm. Em 2021 foram contabilizados 2.535 acidentes com vítimas na BR-116 e 429 na BR-381.

Apesar da grande diferença nos números de uma para a outra, é importante ressaltar que a BR-116 é a maior rodovia do Brasil, com cerca de 4.660 km de extensão. Já a BR-381 (conhecida como Fernão Dias no trecho entre a Grande São Paulo e a Grande Belo Horizonte) conta com 562,1 km de extensão, muito menor que a primeira. 

Esses dados acendem um estado de alerta quanto ao número de acidentes na BR-381, uma vez que pode ser considerado desproporcional à sua extensão.

NOTÍCIAS NO SEU CELULAR

A melhor arma contra a desinformação é o jornalismo independente, sério e profissional. Informe-se, portanto, diariamente, pelo Jornal Bragança Em Pauta.

Para receber as principais notícias do dia de Bragança Paulista e da região, participe dos grupos de WhatsApp do Em Pauta ou acesse nosso grupo de notícias no Telegram.

 




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.