Polícia realiza buscas na casa de jogador do Bragantino

Polícia realiza buscas na casa de jogador do Bragantino

Por volta das 6h da manhã desta terça-feira (18) policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) cumpriram um mandado de busca em Bragança Paulista, na casa de um jogador do Red Bull Bragantino.

Conforme apurado pelo Em Pauta, trata-se do jogador Kevin Joel Lomónaco, que reside no condomínio Portal de Bragança Horizonte, na região do Santa Helena.



A ação faz parte da  “Operação “Penalidade Máxima II” .

De acordo com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público de Goiás (MPGO) e a Coordenadoria de Segurança Institucional e Inteligência (CSI), a Operação “Penalidade Máxima II” visa a obtenção de novos vestígios da atuação de organização criminosa com atuação especializada na manipulação de resultados esportivos de jogos de futebol profissional – inclusive do Brasileirão Série A.

Há suspeitas de que o grupo criminoso tenha concretamente atuado em pelo menos 5 jogos da Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol de 2022, bem como em 5 partidas de Campeonatos Estaduais, entre eles, os campeonatos Goiano, Gaúcho, Mato-Grossense e Paulista, todos deste ano.

Nesta terça-feira estão sendo cumpridos mandados de prisão preventiva e 20 mandados de busca e apreensão em 16 municípios de 6 estados, expedidos pela 2ª Vara Estadual dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Organização Criminosa e Lavagem ou Ocultação de Bens Direitos e Valores.

Os mandados estão sendo cumpridos em Goianira (GO) (foto), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Recife (PE), Pelotas (RS), Santa Maria (RS), Erechim (RS), Chapecó (SC), Tubarão (SC), Bragança Paulista (SP), Guarulhos (SP), Santo André (SP), Santana do Parnaíba (SP), Santos (SP), Taubaté (SP) e Presidente Venceslau (SP).

Os Gaecos dos estados de Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, o Cyber Gaeco do MP de São Paulo e do Centro de Inteligência do MP do Rio de Janeiro, além das polícias Militar, Civil e Penal de Goiás, dão apoio ao cumprimento das diligências.

Caso está em andamento e a reportagem pode ser atualizada com o posicionamento oficial do atleta. O Em Pauta entrou em contato e aguarda também o posicionamento do Red Bull Bragantino.

O que diz o Red Bull Bragantino

Em nota, o Red Bull Bragantino informou que “tomou conhecimento da operação envolvendo esquemas de manipulação em jogos da Série A do Brasileiro e de campeonatos estaduais, e da presença de um atleta do elenco entre os investigados”.

O clube ressaltou que “tem tolerância zero com qualquer atitude que possa ferir a idoneidade do esporte e vá contra os valores e dignidade de todos que vestem as cores do Red Bull Bragantino.”

Além disso, informou que se colocou à disposição das autoridades durante a investigação e tratará “internamente a situação legal envolvendo o atleta”.

 

📲Entre nos grupos de notícia do WhatsApp do Jornal Em Pauta ou do Telegram
📲 Siga o Bragança Em Pauta no Instagram e no Twitter

 




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *