USF recruta pacientes com disfunção temporomandibular

USF recruta pacientes com disfunção temporomandibular

A Universidade São Francisco (USF) de Bragança Paulista, por meio do Grupo de Pesquisa em Reabilitação Musculoesquelética, está recrutando pacientes com diagnóstico de disfunção temporomandibular (DTM).

Os voluntários farão parte da pesquisa. Estes, além do diagnóstico citado, devem ter entre 18 e 50 anos, não estar usando aparelho/placa ortodôntica e não estar tomando remédio para dor.



Os agendamentos, bem como esclarecimento de dúvidas podem ser feitos pelo WhatsApp (11) 96936-1645. O atendimento do grupo ocorre de segunda à sexta-feira, das 7h às 17h30. A Clínica Escola de Fisioterapia está localizada na Avenida São Francisco de Assis, n° 218, no Jardim São José, dentro do complexo da Universidade São Francisco.

A DOENÇA

A disfunção da ATM é uma condição articular patológica que causa inúmeros prejuízos ao bem-estar dos pacientes. A articulação temporomandibular (ATM) é responsável pelo movimento de abertura e fechamento da boca, bem como pelo encaixe da mandíbula com o crânio, sendo essencial para ações como mastigar, morder e falar. A disfunção é associada comumente ao bruxismo, ato de ranger os dentes e referir dor a bochecha, orelha, cabeça ou pescoço.

📲 Receba notícias no seu celular pelo WhatsApp do Jornal Em Pauta ou Telegram
📲 Siga o Bragança Em Pauta no Instagram e no
 Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *