Acidentes de trânsito em Bragança Paulista terminam com duas pessoas presas por embriaguez

Pelo menos duas pessoas foram presas em Bragança Paulista no final de semana por causa de uma combinação que nunca dá certo: bebida e direção.

O primeiro flagrante de embriaguez aconteceu na madrugada de domingo, 20, quando a Polícia Rodoviária Estadual atendia o acidente fatal na Rodovia Capitão Barduíno, com duas vítimas fatais.

Os policiais sinalizaram o local com cones e foi então que um veículo Chevrolet/Cruze, vermelho, de placas FAC-1579/B.P., que trafegava no sentido Pinhalzinho-Bragança, perdeu o controle de direção e se chocou contra os cones que ali se encontravam.

Os policiais abordaram o condutor e constataram que se tratava de um homem de 37 anos e notaram que ele estava visivelmente embriagado, com falta de coordenação motora e forte odor etílico.

A embriaguez foi confirmada com o teste do etilômetro.

O homem foi então conduzido ao Plantão Central da Polícia Civil, autuado em flagrante por embriaguez ao volante e liberado após o pagamento de fiança.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




Já no final da tarde de domingo, por volta das 17h10,  aconteceu acidente de trânsito no cruzamento da Rua Pedro Cioban com a Rua Arauto Silva Villaça, no bairro Cidade Planejada I, envolvendo o veículo VW/Gol, cinza, placas CJS-9472/B.P. e a motocicleta Honda/CG 125 Fan, preta, placa ESC-6744/B.P.

A Polícia Militar atendeu a ocorrência e apurou que o motorista do Gol, um homem de 54 anos, ao tentar realizar uma conversão à esquerda, invadiu parcialmente a contramão de direção e colidiu com a moto, conduzida por um jovem de 19 anos, que levava na garupa uma garota de 18 anos.

A menina sofreu um ferimento profundo numa das pernas e foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência ao Hospital Universitário.

O motorista do carro estava em visível estado de embriaguez, mas se recusou a fazer o teste do etilômetro e a fornecer sangue para exame de dosagem alcoólica.

No Plantão Central da Polícia Civil ele foi submetido a exame clínico, que confirmou a embriaguez, sendo então autuado em flagrante por embriaguez ao volante e acidente de trânsito e apresentado em audiência de custódia.

O veículo foi recolhido ao guincho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *