Dia 31 de outubro: Dia da Bruxa e do Saci

Hoje, dia 31 de outubro, celebram-se mitos das culturas de dois países diferentes: Estados Unidos e Brasil.

O Halloween, ou Dia das Bruxas, é uma comemoração tipicamente norte-americana e no  Brasil, foi criado na mesma data o Dia do Saci, que é um dos mais tradicionais seres do nosso folclore.

Em algumas cidades brasileiras, a data é oficialmente dedicada ao menino de uma perna só. Entre elas, Vitória, Poços de Caldas e Uberaba , Fortaleza e Independência e municípios paulistas como São Luiz do Paraitinga, São José do Rio Preto, Guaratinguetá e Embu das Artes.

Fato é que a data, principalmente para a criançada é motivo de muita diversão e por toda a cidade, foi possível perceber comemorações desde sexta-feira e devem se encerrar hoje.  Além disto, notamos também o aquecimento das vendas em lojas de doces, fantasias e produtos para festa.

Dia das Bruxas

A celebração homenageia as pessoas que fazem a mediação entre vivos e mortos: os feiticeiros. Surgiu como um ritual celta para invocar as almas dos antepassados. A festa chegou aos Estados Unidos com imigrantes irlandeses e se alterou ao longo do tempo. A onda é se fantasiar de criatura mágica e sair de casa em casa dizendo “gostosuras ou travessuras”. Se a pessoa não entregar uma guloseima, as crianças têm direito de fazer bagunça.
Saci
O Saci-Pererê é uma mistura de índios, negros e brancos. Fã de brincadeiras e travesso que só ele, pode trazer transtornos para bichos e pessoas. No começo, era descrito como um indiozinho atentado, moreno e com um rabo. A mitologia dos povos africanos trazidos para o Brasil o transformou num negrinho que perdeu a perna numa luta de capoeira. Os europeus acrescentaram o gorro vermelho e o cachimbo.