Grupo Chedid também recorre contra decisão de que Frangini pode ser candidato

Também insatisfeitos com  decisão do juiz eleitoral Rodrigo Sette Carvalho, de que Renato Frangini não precisava se descompatibilizar do cargo e pode, portanto, prosseguir sua candidatura, Jesus Chedid e seu grupo entraram no final da tarde de segunda-feira, dia 5, com um recurso junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Agora, Frangini tem prazo de 3 dias para se manifestar e se defender.

Tanto no caso de Renato Frangini como de Jesus Chedid e Amauri Sodré, independente da decisão em segunda instância no TRE caberá recurso no TSE.