Jesus Chedid anuncia 11 secretários e criação de Secretaria de Mobilidade Urbana

Uma das medidas anunciadas pelo prefeito Jesus Chedid, durante solenidade de posse realizada na Câmara Municipal na noite do dia 1º de janeiro, foi o desmembramento da Secretaria de Segurança, Trânsito, Transportes e Defesa Civil, o que irá refletir na criação de mais uma secretaria.

Cada secretário tem um salário de $ 12.012,68.

Jesus  Chedid deve enviar a Câmara Municipal projeto criando a  Secretaria de Mobilidade Urbana, que ficará sob a responsabilidade de Manoel Marcos Botelho, que terá como objetivo principal implantar medidas que visam a melhoria da mobilidade no município.

Entre os desafios, estão mudanças que desafoguem o trânsito na área central e vias como a Avenida dos Imigrantes, implantação de sistema de zona azul eletrônica e incentivo ao transporte coletivo.

Manoel Marcos Botelho, é formado em Economia, Direito e Ciências Contábeis. Especializado em Administração Estratégica ele atuou como Gerente de Controle Econômico Financeiro da Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo.

Ainda não foi anunciado onde funcionará a secretária se junto ao Complexo Integrado de Segurança, Emergência e Mobilidade – CISEM ou em outro prédio público. Além disto, importante lembrar, que com a criação da pasta, terá que ser criada um orçamento para a mesma e alterado o orçamento da Secretaria de Segurança.

Já Dorival Francisco  Bertin, que é bacharel em direto pela Universidade São Francisco e oficial da reserva da Polícia Militar, e desde 1995 está no grupo Chedid, responderá pela Secretaria de Segurança e Defesa Civil.

Em entrevista a reportagem do Bragança Em Pauta, Jesus Chedid disse que enviará para a Câmara nos próximos dias o projeto para criação da nova secretaria. Até lá, o secretário deve assumir outro cargo e iniciar o desenvolvimento dos trabalhos.

Com a criação da Secretaria de Mobilidade Urbana Bragança Paulista passará a ter 21 secretarias. São elas:

  • Administração
  • Planejamento
  • Finanças
  • Chefia de Gabinete
  • Governo
  • Assuntos Jurídicos
  • Saúde
  • Habitação
  • Segurança e Defesa Civil
  • Mobilidade Urbana
  • Obras
  • Serviços
  • Esportes
  • Cultura e Turismo
  • Meio Ambiente
  • Desenvolvimento Econômico
  • Agronegócios
  • Educação
  • Ação e Desenvolvimento Social
  • Especial de Gabinete 1
  • Especial de Gabinete 2

Jesus Chedid anunciou durante a posse 11 secretários, sendo que cinco já estiveram com ele em outras administrações: Dorival Bertin (Segurança), Cléber Centini (Cultura e Turismo), Aniz Abib Júnior (Serviços) , Galileu de Mattos (Chefia de Gabinete) e Darwin da Cruz Gonçalves (Administração).

Além deles, apenas mais um é conhecido dos bragantinos: Adilson Moreira Condesso, que foi diretor regional de Ensino da Região de Bragança Paulista, entre 2005 e 2006.

Os outros todos, vêm de fora, e segundo entrevista de Jesus Chedid à reportagem do Bragança Em Pauta, foram escolhidos por questões técnicas e políticas.

Havia grande expectativa com relação a nomeação de quem ocuparia a pasta de Saúde e apesar do anúncio de que o cargo ficará sob responsabilidade de Marina de Fátima de Oliveira, a mesma não esteve presente à solenidade.

Marina é graduada em Ciências Sociais e especialista em Micropolítica da Gestão e Trabalho em Saúde. Foi secretária de Saúde  entre 2014 e 2015 e de Governo entre 2013 e 2014, no município de Caraguatatuba. Ela também foi secretária de Saúde entre 2005 e 2008,  e de Defesa do Cidadão entre 2009 e 2012 em São José dos Campos, cidades administradas na época por prefeitos do PSDB, partido aliado ao DEM.

Jesus Chedid também nomeou três ex-secretários da cidade de Paulínia, que também era governada pelo PSDB, grupo derrotado nas últimas eleições naquele município por 559 votos.

A Secretaria de Planejamento ficará a cargo de Marcelo Alexandre Soares da Silva, bacharel em Direito e Administração. Especializado em Gestão de Licitações e dos Contratos Públicos. Marcelo Alexandre foi Secretário de Planejamento, Desenvolvimento e Coordenação na Prefeitura de Paulínia, entre 2015 e 2016 e Diretor de Urbanismo e Meio Ambiente na mesma cidade, entre 2009 e 2012.

Luciano Faria de Lima, será secretário municipal de Finanças, que é contador especialista em Gestão Pública e professor universitário. Foi secretário de Finanças  e Administração em Paulínia 2015 e 2016 e exerceu também o cargo de secretário da Fazenda, em Leme.

Também de Paulínia é o secretário  de Assuntos Jurídicos, Tiago José Lopes. Ele atuou como secretário de Negócios Jurídicos de Cosmópolis e diretora da Consultoria Geral de Paulínia.