Reforma da Praça Central de Bragança fica meio milhão mais cara

Reforma da Praça Central de Bragança fica meio milhão mais cara

Nesta sexta-feira (5) a Prefeitura de Bragança Paulista realizou licitação de uma das obras do “pacote de obras” atrasadas. A revitalização da Praça José Bonifácio e da Praça Raul Leme, com implantação de paisagismo custará aos cofres públicos o valor total de pouco mais de R$ 3 milhões e 200 mil reais, ou seja, mais de meio milhão mais cara. O novo prazo da obra é de 14 meses.

Este valor atualizado é de R$ 595.065,93 mais caro do que o valor anterior, que era R$ 2 milhões e 605 mil, ou seja, 22% de aumento em um período de 1 ano, já que a primeira contratação ocorreu no mês de maio de 2022. A única empresa a participar do processo licitatório foi a Teto Construtora S.A. Ela foi habilitada e a Comissão Permanente de Licitações realizará a analise da proposta. Caso seja validada, a homologação será publicada na Imprensa Oficial.



No mês de março deste ano, após vir a público o abandono da empreiteira FM Empreendimentos de 13 obras do “pacotão”, a Prefeitura informou que 17% da obra da Praça Central havia sido concluída. Uma investigação realizada pelo vereador Quique Brown apontou que foi pago à antiga construtora ao menos a importância de R$ 376 mil. Portanto, o gasto total pode ser ainda maior, se somado este valor pago à primeira empreiteira.

QUAIS OBRAS ESTAVAM NO CONTRATO?

No contrato n° 088/2022, assinado em maio de 2022, as 13 obras deveriam todas já estarem prontas se os prazos iniciais tivessem sido cumpridos. Todavia, conforme vem mostrando com exclusividade o Jornal Em Pauta desde os primeiros dias de 2023, a maioria das obras estavam atrasadas e agora paradas. O valor total deste contrato era de aproximadamente R$ 9 milhões.

Estavam sob responsabilidade da empreiteira contratada pela Prefeitura de Bragança as seguintes obras:

SECRETÁRIO NÃO TEM INFORMAÇÃO

Durante a licitação, a reportagem do Em Pauta perguntou ao secretário de obras e gestor do “pacotão de obras” atrasadas, Benedito Carvalho Júnior, se seriam realizadas licitações para todas as outras 10 obras do antigo contrato. Júnior afirmou que “não tinha esta informação”.

Já a secretária de Administração, Bárbara Pace, esclareceu ao Em Pauta que as licitações das obras de revitalização do Ciles do Torozinho e do Ciles da Marina, que também fazem parte do “pacotão” e foram revogadas nesta semana, serão reagendadas em breve.

📲 Receba notícias no seu celular pelo WhatsApp do Jornal Em Pauta ou Telegram
📲 Siga o Bragança Em Pauta no Instagram e no Twitter




Um comentário em “Reforma da Praça Central de Bragança fica meio milhão mais cara

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *