Sociedade Civil perde para Grupo Chedid e mudanças no COMTUR são rejeitadas

Em uma sessão tumultuada, a sociedade civil perdeu a queda de braços com o grupo Chedid na votação relativa ao Conselho Municipal de Turismo (COMTUR).

Por 9 votos a 8, os vereadores da bancada do grupo Chedid, não aprovaram as mudanças na lei do COMTUR.

Com isto, o conselho continua sendo paritário, com 9 representantes da sociedade civil e 9 do poder público.

Representantes de bares, lanchonetes, hotéis e empresas do ramo de turismo pretendiam que o conselho fosse formado por 21 membros, sendo 2/3 de representantes da sociedade civil e 1/3 do poder público.

Ter um COMTUR em pleno funcionamento é uma das exigências para que o município possa continuar sendo considerado Estância e assim, continue recebendo verbas estaduais voltadas especificamente ao turismo, mas desde 2015, importante salientar, que o mesmo não está em funcionamento.

A sessão foi tumultuada. Um verdadeiro palco de ataques entre vereadores, onde o partidarismo falou mais alto do que a preocupação com o turismo em si.

Reportagem completa nesta quarta-feira.