“Ele é apaixonado pela empresa de ônibus”, afirma vereador sobre secretário de Mobilidade

A atuação do secretário municipal de Mobilidade Urbana de Bragança Paulista, Rogério Crantschaninov sofreu uma série de críticas na sessão da Câmara Municipal, de ontem, 14. E no calor das discussões, sobrou para o prefeito Jesus Chedid e seu filho, o deputado estadual Edmir Chedid, que tem participado de reuniões e eventos públicos mais do que o próprio prefeito e segundo o discurso do vereador Miguel Lopes seria o responsável por “dar as cartas” e estar no comando da cidade.

Além dos vereadores Fábio Nascimento (Republicanos) e Miguel Lopes (PTB), quem também despejou um caminhão de reclamação sobre a pasta da Prefeitura foi o vereador José Gabriel (DEM). Além dele, Quique Brown (PV) trouxe uma informação até então inédita: a empresa JTP pode ter recebido R$ 5 milhões da Prefeitura em subvenção.

GABRIEL, DO DEM, PERDEU A PACIÊNCIA

O 1° secretário da Câmara Municipal e membro do Grupo Chedid, vereador José Gabriel, desabafou: “Já falei aqui e falo na cara dele. A secretaria que menos dá satisfação aos vereadores é a Mobilidade Urbana… Não é possível continuar esse descaso deste secretário, a paciência da gente chega até um certo limite”, disse.

De acordo com o vereador, ele já externou esse descontentamento diretamente ao Rogério. “Já falei na frente da secretária dele, que se acha a ‘secretarinha’ lá também e falei na cara dos dois… Já faz mais de 60, 90 dias que espero um retorno dele”, afirmou.

APAIXONADO PELA EMPRESA DE ÔNIBUS

Segundo José Gabriel, o secretário de Mobilidade do prefeito Jesus Chedid é “apaixonado pela empresa de ônibus” JTP Transportes, responsável pelo transporte coletivo em Bragança Paulista desde outubro de 2020. O grupo foi contratado após processo licitatório realizado pela Gestão Jesus/Amauri.

“É apaixonado pela empresa de ônibus, que nunca vi uma pessoa apaixonada quinem ele. É um amor, que tudo que você fala, o vereador está errado, o usuário está errado ou equivocado e a empresa de ônibus está certa”, afirmou o vereador democrata.

“Porque ele não vai pegar o ônibus 4h30 da manhã para ver? Saia na rua! Monte no ônibus e veja a insatisfação do povo!”, esbravejou Gabriel.

Durante a pandemia da COVID-19, as linhas de ônibus foram reduzidas, horários cortados e isso tem gerado reclamações de usuários, principalmente de linhas que atendem à região populosa da Zona Norte e também na Zona Rural.

FÁBIO NASCIMENTO NÃO SABE O QUE FAZER

O vereador Fábio Nascimento, que já havia reclamado da pasta de Mobilidade Urbana, que inclusive resultou em uma acalorada discussão entre os vereadores Miguel Lopes e Gi Borboleta, disse que não sabia mais o que fazer. E Gabriel sugeriu: “Podemos fazer um apelo para que o prefeito e sua equipe tomem providências”, disse.

MIGUEL APOIA

“Se o senhor quiser fazer um documento, se a presidente deixar, em nome da Casa fazendo um apelo para ele pelo menos dizer sim ou não (sobre as solicitações dos vereadores), eu apoio”, disse Miguel.

“Fica enrolando o Legislativo e o Legislativo fica enrolando as pessoas. Vamos assinar os 19 pelo menos para ele trabalhar”, concluiu Lopes.

QUIQUE BROWN TRAZ FATO NOVO

O vereador Quique Brown, trouxe à tona então uma informação inédita: a empresa JTP já teria recebido uma subvenção de cerca de R$ 5 milhões da Prefeitura.

De acordo com o vereador do PV, um Pedido de Informação já foi feito por ele e é aguardada a resposta oficial do prefeito Jesus Chedid. “Todos da Administração sempre falavam, que nunca tirariam um real do cofre público para subsidiar passagem”, disse Quique.

“E ao que tudo indica, conforme consta no Portal da Transparência, esse secretário já depositou R$ 5 milhões para essa empresa esse ano. São R$ 5 milhões no bolso da JTP. Ele tem uma relação de amor com essa empresa mesmo, que está prestando um péssimo serviço”, concluiu o vereador.

Por fim, Miguel Lopes fez uma pergunta, que ele mesmo respondeu: “Quem autorizou o depósito? O Prefeito e deputado!”, disse.

PREFEITURA E DEPUTADO NÃO SE MANIFESTAM

Por causa da discussão na Câmara Municipal entre os vereadores, o Jornal Bragança Em Pauta entrou em contato com a Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Bragança Paulista e com a assessoria do deputado Edmir Chedid ontem, mas até agora não obteve resposta. Nesta quarta, a reportagem entrou em contato novamente com a Secretaria de Comunicação para saber sobre a subvenção à empresa de transporte público, mas assim como ontem, não obtivemos retorno.

INFORME-SE

A melhor arma contra a desinformação é o jornalismo independente, sério e profissional. Informe-se, portanto, diariamente, pelo Jornal Bragança Em Pauta.

Quer receber notícias atualizadas de Bragança Paulista, bem como região no celular? Entre no grupo de WhatsApp do Em Pauta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *