Vitrola Sintética inicia turnê de “Lamento Urbano”

Neste sábado (23), a banda de Bragança Paulista Vitrola Sintética inicia sua turnê “Lamento Urbano”, novo álbum recém lançado e que já está disponível nas plataformas virtuais. O show de estreia ocorre dentro da programação do Festival de Inverno de Bragança Paulista, às 21h, na Arena do Lago do Taboão.

“Lamento Urbano” teve participações de Paulo Miklos, Josyara, Manoel Cordeiro e Roberto Mendes. O álbum estará em Bragança em música e livreto, obra em formato físico do artista Mário Cappi, que estará disponível para compra no dia da apresentação.




O SHOW

Na apresentação, os integrantes Felipe Antunes, Otávio Carvalho e Rodrigo Fuji, acompanhados de Kezo Nogueira, irão explorar voz, guitarra, bateria, baixo, pedais, programações e controladores/sintetizadores para reproduzir canções do novo disco até então inéditas. Também aparecerão outras canções relevantes de álbuns anteriores.

Ao longo dos anos, a banda percebeu que suas canções fazem e fizeram parte de momentos importantes da intimidade das pessoas que as escutam. Foram muitos relatos nesse sentido. A poesia convive de perto com as realidades individuais. O que faz crer na necessidade física desse encontro, de alcançar as pessoas de perto, fluir essas energias ao vivo – na medida do possível e com as medidas que forem necessárias. Lamento Urbano será uma troca de experiências bastante significativa para a banda, para o público e para quem os intermediar.

VITROLA SINTÉTICA

O nome “Vitrola Sintética” vem dessa intenção de romper e preservar. O “velho” e o “novo”. Por isso, é possível que você cruze com lambes de divulgação do show e do álbum pela cidade, ou que cruze virtualmente com algum cartaz nas redes sociais.

O grupo é formado por Felipe Antunes (voz e guitarra), Otávio Carvalho (baixo e programações) e Rodrigo Fuji (guitarra e piano). A banda começou em 2006, mas o primeiro disco, “Notícias”, só chegou em 2010. Em 2013, lançou o segundo álbum, “Expassos”, que os levou a se apresentarem em espaços importantes da cidade de São Paulo, como Studio SP e Centro Cultural São Paulo.

No final desse mesmo ano, o Vitrola cruzou a fronteira para uma turnê de quatro shows na Argentina. O intercâmbio com as bandas locais inspirou o grupo à concepção do terceiro álbum, “Sintético”, lançado em 2015, que recebeu duas indicações ao Grammy Latino: Melhor Artista Revelação e Melhor Engenharia de Gravação, resultando em ótima repercussão de crítica.

No ano seguinte, a banda lançou o EP “Sintético B” com edição especial em vinil e duas músicas: “Ar e Vazio” e “Deus” – esta última os levou a nova indicação no Grammy Latino, desta vez na categoria Melhor Canção Alternativa.

Na comemoração de dez anos de história, o grupo lançou o documentário “Vitrola: Estrada e Sonho” sobre a turnê pelos Estados Unidos.  Em 2015 a banda alugou um motorhome, lotou-o de instrumentos e aparelhagens e fez shows em hostels de Los Angeles, Big Bear e San Diego, até a chegada a Las Vegas para a cerimônia do Grammy Latino. A direção é do cineasta Felipe Ludovice.

Em 2018, o Vitrola lançou, em parceria com a cantora argentina Marilina Bertoldi, um EP com as canções “Voz” e “Sexo com modelos”. A primeira faixa, que antecipou o novo álbum (produzido por Tó Brandileone e coproduzido por Otávio), saiu em 2019: “Massa Muscular” é uma parceria entre Felipe Antunes e Bárbara Eugênia e teve participação de Manoel Cordeiro.

A segunda faixa foi “Caminhos Tortos”, que figurou (e ainda figura) na playlist editorial Indie Brasil do Spotify, composição de Felipe e Kezo Nogueira (que acompanha o Vitrola em seus shows e gravou todo o novo álbum com a banda); a terceira, “Correnteza de Histórias”, é uma parceria entre e Felipe e Marcos Alma, que integrou a banda em seu primeiro trabalho; a quarta foi “Lamento Urbano”, composição de Felipe e Otávio que batiza o álbum e tem participação da cantora e compositora Josyara; a quinta, “Egressar”, com participação de Roberto Mendes; e a sexta, precedendo o disco completo, foi “Voz e Delírio”, com participação de Paulo Miklos. O álbum chegou completo em maio de 2022.

📰Curta a página Bragança Em Pauta Eventos no Facebook
📲Entre no grupo de WhatsApp e receba as últimas e principais notícias
📲 Siga o Jornal Em Pauta no Instagram e no Twitter
📲 Entre no grupo do Telegram e receba as últimas e principais notícias




 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.